Projeto Alforria

 

A definição de Projeto é um desejo, intenção de fazer ou realizar algo, e Alforria é qualquer libertação.

O Projeto Alforria é a libertação dos padrões de vida que já conhecemos.

Somos uma família e moramos a bordo.

Venha conosco nesta aventura!

  • família Alforria

O ensino a distância sob a percepção de uma mãe

Atualizado: 26 de Out de 2018


Nossa maior preocupação quando decidimos morar a bordo sempre foi a educação do Antônio, nosso filho adolescente, hoje com 13 anos e no 2º ano consecutivo do ensino à distância.


Algumas pesquisas e conversas com famílias sobre suas experiências, decidimos pelo CIER do Colégio Anglo Americano, que sempre nos apoiou de diversas maneiras em nosso Projeto e estamos felizes com a nossa escolha!


Sabemos que a escola não é só o estudo e também a sociabilidade com os colegas e relação com os professores. 


Porém, pensamos que nos últimos anos, as instituições de ensino vivem um período conturbado e por isto acreditamos que passar um período fora deste contexto, ampliando os horizontes, contribuiria para o crescimento do nosso filho e ganhamos no convívio familiar.


Sempre tivemos um olhar muito atento às fases, mudanças e sentimentos deste menino que mudou as nossas vidas.


O sistema do ensino a distância do CIER é simples e objetivo, gostamos muito disto!


A cada bimestre recebemos o material didático de forma física com o conteúdo a ser estudado, livros para leitura e provas. O cronograma de presença dos professores na escola é divulgado e o aluno recorre ao Skype para conversar e tirar as dúvidas das matérias.


Esta metodologia requer foco, disciplina, autonomia, planejamento e organização.  O Antônio vem desenvolvendo tais habilidades pouco a pouco neste período da vida dele.


Sinceramente, nos anos de escola presencial, nunca percebi um engajamento em desenvolver tais habilidades.


Logo no início do primeiro ano no ensino a distância, o ganho de auto-estima foi surpreendente! Todo o resultado escolar, bom ou ruim, era mérito basicamente dele. Isto é muito latente no EAD. E suas avaliações estavam cada vez melhores!


No final do primeiro ano, ele me disse que preferia estudar sozinho, fizemos a experiência que tem dado certo. A habilidade da autonomia foi a mais fácil, pois já está na personalidade dele.


A minha intervenção como mãe, além de cobrar dedicação, é estar muito atenta ao cumprimento do cronograma, e apoiá-lo na organização do material e planejamento do tempo para cumprir seus objetivos, sempre respeitando a maneira como ele se sente mais à vontade e tendo prazer nos estudos.


Tudo nesta opção de vida é mais flexível, podendo dormir na segunda ou passar o domingo estudando. Horários rígidos não são a nossa praia. Depende de onde estamos, para onde vamos e se o dia é de sol ou chuva! 


Um mergulho no mar e identificar os seres vivos. Se encantar com a paisagem predominante. Apreciar a natureza. Traçar uma rota de navegação, verificar a carta náutica. Latitude e Longitude. Direção das correntes marinhas e dos ventos, de onde vêm e para onde vão. Ler no caminho, aprender um novo idioma e outra cultura, fazer conversão de moedas, ficar curioso sobre a história de um país! Fazem parte do dia a dia.


Como é a bandeira? Onde fica e qual o nome da Capital? Qual a religião e etnia da maioria da população? De onde vem a riqueza e como é retribuída ao povo?  São perguntas que buscamos as respostas por onde passamos.


Contudo, a reposta que mais queremos ter, só o futuro nos dirá! É saber como será o Antônio após esta experiência única. 


Que seja sempre ELE, faça boas escolhas que o torne um ser humano feliz e espalhe bondade pelo mundo!

Texto & foto by Paula Monte Alto

#projetoalforria


Leia também: Soltando as amarras

42 visualizações

©2018 by projetoalforria. Proudly created with Wix.com