Postagens

Carnaval na Bahia

Imagem
Nossos planos eram passar o Carnaval no Sul da Bahia, em Santo André.
Como já comentei antes, na @chezpetitbahia, conhecemos pessoas incríveis!
Mudança nos planos e voltamos navegando de Maraú para Salvador por um convite especial.
Chegamos na Praia do Flamengo no dia 04 de fevereiro para um almoço e nos vimos entre pessoas ligadas à mídia, cultura e música.
A vida no mar, nos leva da casa do pescador ao executivo, e seguimos fazendo bons amigos.
Nos hospedamos por duas semanas e o brilho nos olhos dos meninos ao saber que estávamos ao lado da melhor praia de surf de Salvador! Não tem preço!
Contamos com a Conceição e Domingos cuidando de nós e de tudo o que precisávamos! Ai como sentiremos saudade e queríamos tanto levá-los com a gente! 
Nossos co-hóspedes, Úrsula e Omar, nos proporcionaram grandes alegrias no carnaval de Salvador.
Gustavo assistiu de pertinho à guitarra baiana de Armandinho lá de cima do trio Dodô & Osmar. Sensacional!
Participamos da lavagem do Quabales, um projeto sóci…

Momentos Maraústicos

Imagem
Na manhã do dia 13/Janeiro, soltamos a poita que nos amarrava ao Aratu Iate Clube.
Fizemos uma parada estratégica em Loreto para a limpeza do casco. Dia de trabalho e muita chuva, que lavou o convés.
Por volta das 22h, seguimos nossa viagem. Gustavo conduziu a navegação até 1h da madrugada, quando o Alforria estava fora da Baía de Todos os Santos e apontado para o rumo da Baía de Camamu.
Assumi a navegação até às 6h da manhã. Eu não havia dormido, minha expectativa era grande! 
A noite estava linda, o céu estrelado. No mar, pouco vento e as luzes dos barcos de pesca que nos obrigam a estar sempre atentos. Navegávamos no motor e de genoa (vela situada na proa da embarcação).
Eu estava pensando que chegaríamos com um lindo dia de sol e logo aprendi que no nordeste é diferente. Um vento de 15 nós soprou e uma nuvem negra cobriu as estrelas. Logo o vento parou. A chuva caiu e amanheceu. O arco-íris apareceu. Espetáculo da natureza. Foi uma travessia muito tranquila.
Chegamos no Campinho, dentro…

O ano novo & Os pequenos velejadores na bela Baía de Todos os Santos

Imagem
Voltamos do Rio de Janeiro no dia 26/12/2017, após uma semana de intensas festividades de Natal.
Não damos conta de encontrar e abraçar todos os amigos e parentes queridos, o tempo é sempre curto!
Ficamos quatro dias no Aratu Iate Clube, arrumamos o barco e fomos passar o ano  novo em Itaparica, no contrabordo do Veleiro Gold Mund com Aymara & Guido.
Passamos a meia noite na Coroa, um banco de areia ao lado da Marina Itaparica. Não foi uma sensação muito boa, a maré subindo, o banco ficando submerso e nós lá esperando o nosso bote para ir embora...
Embarcados após a meia noite, Antônio começou a apresentar febre e assim ficou até o final do dia primeiro, devidamente medicado, começou a melhorar. Agradecemos sempre a dedicação e carinho do nosso médico @mmontealto.
Não podemos dizer que conhecemos Itaparica, pois passamos dois dias e não fomos na ilha. Ficou a vontade de voltar.
Chegamos no YCB -  Yacht Clube da Bahia, no dia 02/Janeiro. Atendemos ao convite do amigo Philippe Serrano par…

Retrospectiva Projeto Alforria

Imagem
Senti uma vontade de fazer uma retrospectiva. Então, lá vai!
Não, não é retrospectiva de 2017. É uma retrospectiva desde que efetivamente “colocamos a mão na massa” para nos desfazer da vida na cidade e morar a bordo, isto aconteceu mais ou menos quando criamos este blog. 
O grande sonho estava de saída do imaginário para o real.
Em Abril/2016, soltei a nossa maior amarra! Deixei o meu trabalho e uma carreira bancária de 20 anos! Não, não foi fácil.
O primeiro mês foi um sentimento de férias, eu precisava de descanso e me sentia livre!
Depois, as fichas foram caindo... uma leve tristeza, sentimento de perda.  Como vou viver sem trabalho, sem rotina e salário? Aí veio a necessidade de ampliar conhecimentos, estudar sobre investimentos. Meu "pé de meia" teria que durar e eu não sabia por quanto tempo. O “impeachment” da Dilma veio ajudar em boas decisões. Crise, tempos de oportunidade.
Dois meses depois, estava fazendo processo seletivo para um outro grande Banco... e me perguntei? E…

Nossa temporada em Cairú, Canavieiras e Ilha de Boipeba, Bahia

Imagem
Zarpamos de Salvador no amanhecer do dia 28 de Novembro.
Quando alcançamos o farol de Morro de São Paulo (Ilha de Tinharé), seguimos pelo “braço de mar” entre a ilha e o continente, até chegar em Cairú. Neste trajeto, usamos o Guia Náutico da Costa Brasileira de Marçal Ceccon.
O Veleiro Alforria tem um calado de 2,35 metros, ou seja, toda a parte que fica submersa na água, da linha d’água até a ponta da quilha. Por isto temos uma limitação de profundidade por onde navegamos. No nordeste brasileiro, as águas são rasas e a variação de maré é grande, podendo chegar a 2,5 metros na Bahia. 
Chegando em Cairú, cercado de mangue, água escura e fundo de lama. Ancoramos na Marina de Tinharé e fomos muito bem recebidos por pessoas muito agradáveis, Monalisa, Guilard, Tânia e Tarciso!  https://www.facebook.com/www.marinatinhare.com.br/
Almoçamos no Restaurante do Fredson. Passeamos pela pequena cidade, visitamos o Convento e a Igreja, construções do Brasil Colônia.
Mas ali não estávamos sossegados de …